01 novembro 2005

Enfim a banda larga aparece no Brasil...

Se você perguntar para alguém do Japão ou da Coréia do Sul o que é banda larga, eles diriam que seria acesso de Internet de mais de 1Mbps, não estas velocidades hoje oferecidas no Brasil.

Mas algo mudou... A Net anunciou Vírtua com 2 Mbps por 79,90 reais por mês, 4 Mbps por 99,90 e 8 Mbps por 199,90 a partir de 3 de novembro, fazendo o Brasil entrar de fato na era do Broadband.

A turma das operadoras vão ter que correr atrás rapidamente para não sofrerem uma debandada em massa, e começou com o
Speedy, da Telefônica, que passou a oferecer assinaturas de 1 Mbps por 109,90 reais e 8 Mbps por 199,90 reais.

Falta agora as outras operadoras, como a BrasilTelecom (que eu sou cliente). Competição de verdade não é ótimo?

Resta saber se as operadoras não vão ter que correr atrás na atualização de suas redes ADSL para redes ADSL2+. O padrão DOCSIS 2.0 usados pelas TV a cabo habilitam bandas na ordem de 30Mbps nas duas direções, e o ADSL convencional se limita em 8Mbps para descida e 1Mbps para subida. Com mais um empurrãozinho da NET o negócio ADSL das operadoras poderia sofrer um revés sem precedentes.

3 comentários:

michel lent disse...

Fabio, assinei os 8Mbps do Virtua aqui em São Paulo.

A questão agora é um upgrade nos canais de comunicação existentes, em especial com o exterior. O canal de saída internacional do Virtua parece estrangulado e não nos permite uma média muito além dos 200KB/s.

600KB/s só é possível em sites muito próximos.

Alexandre Castro disse...

Oi Fabio,

A grande questão é se a NET vai dimensionar direito seus links de saida para a Internet. Afinal de contas, a NET não possui conteúdo interno significativo.

Vejo isto mais como uma jogada de marketing do que realmente uma necessidade de banda. Hoje em dia, no Brasil, não vejo necessidade de mais de 4Mbps.

Por outro lado, não deixa de ser interessante esta competição. Logo deve aparecer mais novidades.

Quills disse...

Estou muito curioso para saber como as operadoras como a Telemar, da qual eu infelizmente sou cliente vai se comportar. Estamos presos a Telemar que vendo velocidades baixas por preços absurdos e de péssima qualidade. Mas tenho certeza de que as coisas no Brasil vão finalmente mudar, já estava em tempo. Essa política agressiva da Net veio na hora certa. Tenho ligando insistentemente para a Telemar e nada de novos planos e propostas. Continuam vendendo 300k por 62,90 (preço promocional) pois o normal seria 79.90 “simplesmente abominável” e 600k por 89 (preço promocional) o normal seria 129,90. Agora colocaram mais uma velocidade 800k por 129,90 eu até ri quando a atendente me falou esse preço e essa velocidade. Eles também vendem 1mb por 145,00. Eu odeio profundamente a Telemar, mas infelizmente tenho que ficar com o Velox por falta de opção. E que comece a guerra por novas velocidades e preços e que esta seja a mais encarniçada possível, nós consumidores agradecemos.